domingo, 16 de agosto de 2009

Oito respostas para quem namora


OK! Estar solteira tem muitas vantagens. Mas quem nunca sonhou, mesmo que por cinco minutos, em estar ao lado de um gatinho perfeito que você pode chamar de seu, hein? Depois de tanto desejar, aquele lance, que começou tão do nada, passa a ficar sério e, quando você cai na real, está namorando! Eba! Mas, e agora? O que fazer para o seu primeiro namoro ser inesquecível e tudo de bom? A gente não ia deixar você na mão em um momento como esse, certo?

1. Gosto dele mesmo ou é só empolgação pra namorar?

De acordo com a psicóloga Lourdes Brunini, você pode fazer algumas perguntinhas pra si mesma para chegar a essa resposta. "É importante a garota saber se o carinha lhe dá valor e se faz falta em sua vida. Além disso, ele deve ter gostos e sonhos em comum com ela". Se você tem certeza de que seu fofo passa em todos esses itens, chega de grilos! Vá curtir bons momentos com seu love!

2. Posso dizer que amo? E se ele "se achar"?

Mas vocês não estão namorando, oras? Não há motivos para esconder seus sentimentos, ainda mais nesse momento tão mágico que é o primeiro namoro. Caso seu gatinho não seja muito de declarações, você só precisa se controlar pra não ficar repetindo o quanto ele é especial 25 horas por dia, até porque, um pouco de mistério não faz a ninguém.

3. Como me comportar na frente dos meus pais? E se eles pegarem eu e meu namorado num beijão daqueles?

"A menina deve se comportar da forma que se sente à vontade, mas sem se expor. O importante é se lembrar de tudo o que foi ensinado em casa", explica Lourdes. Mas, se acontecer um acidente e os pais acabarem vendo beijos mais "calientes", o jeito é se desculpar e ficar esperta pra não dar bola fora de novo. E fala sério: é muito mais gostoso namorar sem platéia, né?

4. E as amigas, como ficam? Tenho que convidá-las pra sair junto com a gente sempre?

Claro que não! A partir do momento em que você namora, precisa saber dividir seu tempo, afinal, o namorado não vai gostar nadinha de ter suas amigas no pé o tempo todo. Assim como as suas amigas vão se revoltar se você esquecer que elas existem. "No amor, cabe tudo. O namoro não compete com as amizades, pelo contrário, eles se completam", lembra a psicóloga.

5. E se meu namorado tem uma mania de que eu não gosto? Reclamo ou não pra ele?

Se você não gosta, tem que falar, sim! O diálogo é fundamental para um romance dar certo. "Se a garota não deixa claro quem ela é, como quer ser tratada e do que gosta, o namorado nunca vai descobrir", afirma Lourdes.

6. Ele me disse que tenho que mudar algumas coisas. E agora? Tenho mesmo?

Depende. "Se mudar for fazer bem, trouxer crescimento e torná-la uma pessoa melhor, sim. Mas não dá pra deixar de usar sua cor preferida simplesmente porque o garoto não acha legal", explica a especialista. Ou seja, só não vale abrir mão de sua personalidade pra agradar o gato. Lembre-se: onde há amor, há respeito pelas diferenças, sempre!

7. Ele nunca tem tempo só pra mim, pois vive grudado nos amigos. Isso é normal?

Definitivamente, não! O que acontece é que, muitas vezes, o garoto é imaturo, não sabe dividir seu tempo e tem medo de se afastar dos amigos. Mais uma vez, o que vale é uma conversa sincera. Explique para o fofo que entende e respeita os momentos dele com a galera, mas que, como namorada, você quer um tempo só pra vocês. Falando com jeitinho, ele vai entender!

8. As amigas do gato vivem deixando recadinhos fofos no Orkut dele. O que devo fazer?

Você precisa analisar a situação antes de tomar uma atitude. "Se o namorado for um garoto amoroso, que trata as amigas com carinho, é normal elas também agirem assim. Se os recados ficam apenas no nível da amizade, é melhor ignorar". Agora, se a coisa vai além, abra o jogo com o fofo e explique que não está gostando nada dessa situação. Só fique esperta pra não se tornar neurótica. "A garota precisa confiar nela e na relação, não dá pra viver insegura", completa a psicóloga.

Nenhum comentário: