quarta-feira, 16 de setembro de 2009

E quando a mamãe não gosta?

Se namorar já é difícil, então tudo o que não precisamos é de alguém tentando impedir isso. De acordo com a maioria das pessoas, sogras são um saco. Mas opa, espera aí, temos muitas exceções, né? O maior problema, no entanto, fica para aquelas pessoas que não conseguem agradar as sogronas logo de cara e, por isso, se colocam no meio de um bombardeio: a mãe dele não o deixa sair, ela te xinga de tudo o quanto é possível, ela o proíbe de te ligar e blábláblá. Pois é, isso, com certeza, acaba esfriando e distanciando um pouco o casal, que deveria aproveitar o máximo – e, quando possível, com a família toda reunida – o relacionamento.
Mas família é família, certo? Minha mãe sempre me disse que ‘namorada a gente troca, agora os pais são para sempre o mesmo’. Isso é verdade. Caso sua sogra te odeie, tudo o que você tem que fazer é provar que ela pode estar errada. Isso, obviamente, vai ser duro e exaustivo, além de exigir muita força de vontade da sua parte. O garoto, obviamente, não precisa ser um rabo de saia da mamãe. Se ele realmente gosta de você, vai botar a cara para bater e enfrentar os pais (por mais ’sem educação’ que isso possa parecer, atualmente, somos nós mesmos que escolhemos as nossas paixões. Aliás, nossos corações. Isso não envolve mãe e pai, né?).
“Gosto de um cara e meus pais são contra. Isso tudo porque, quando mais jovem, o garoto saiu de carro e sofreu um acidente. Ninguém se feriu, mas ele era amigo de meu primo, que espalhou para a família toda. Isso os deixou enfezado e, por isso, eles não aceitam o meu namoro. O que eu faço?
Gabriella
Pois bem, Gabriella. Para mim o seu problema não é que seus pais não aprovem o seu namoro. Tudo não passa de uma questão mais ‘paternal’. É a sua proteção em primeiro lugar, o histórico do garoto tem um ponto que os deixam com o pé atrás, por isso, talvez, eles a reprimam tanto. Claro que isso é uma questão de ponto de vista: em qual estado esse garoto estava dirigindo? Se ele estava sóbrio, então tente mostrar para os seus pais que acidentes acontecem o tempo todo e com todo mundo, são inevitáveis. Agora, se por algum acaso ele estava bêbado, bom, daí a razão fica com os seus pais.
Mas conta aí, você já sofreu algum tipo de bloqueio em relacionamentos por causa dos seus pais?

Nenhum comentário: