quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Faça seu namoro sobreviver à convivência diária

Namorar alguém com quem se convive muito tempo não é fácil. Apesar de gostarmos de ficar ao lado de quem se gosta, existem alguns lugares que nos limitam e restringem certa aproximação. É o caso de, por exemplo, se você começar a ficar com um colega de classe ou trabalho.
A melhor atitude a se tomar quando você se envolver com alguém que freqüenta os mesmos ambientes que você, seja na escola ou no trabalho, é saber dividir o que é o que. “Amigos, amigos, negócios à parte”, não é assim que todo mundo fala? Pois isso está mais que certo. Não se deve confundir as coisas e você tem que se segurar um pouquinho.
Na escola, utilize o tempo do intervalo para ficar de namorico. Quando o sinal tocar, vocês devem ser meros colegas. Isso porque nenhum professor gosta de ver dois alunos de mãozinhas dadas e dando beijinhos na sala. Com certeza isso é uma grande falta de respeito, não só com o professor, mas com seus colegas e até você mesma, afinal, o que você irá aprender se ficar o tempo todo paparicando o seu garoto?
Na hora de realizar trabalhos em grupo ou em duplas, tente não ficar o tempo todo no mesmo time do namorado. É bem provável que isso cause algumas briguinhas desnecessárias e até se tornar ‘cômodo’ para algum dos dois. Daí um começa a folgar e não realizar as tarefas e o outro se sente obrigado a fazer tudo, afinal, é um namoro, né?
Mesmo no intervalo, você deve se lembrar que está na escola, um local de estudos e por isso não pode abusar da ‘pegação’. Respeito para com os seus colegas, eles não precisam ver certas coisas. Além do mais, podem existir crianças menores do que você ali.
Se o seu caso for namorar alguém do trabalho, tudo o que deve frisar no seu relacionamento é intimidade. Ninguém, absolutamente ninguém, deve saber da sua vida dentro de um ambiente profissional. As pessoas não são tão boazinhas como parecem e na primeira oportunidade vão usar tudo o que sabem sobre você para se sobressaírem. Vale tudo na corrida pelo dinheiro…
Antes de tudo, vale ressaltar que em algumas empresas não é permitido nenhum tipo de relacionamento entre os empregados. Isso pode causar a sua demissão. Mas caso você se apaixone por alguém que senta do outro lado da sua sala, espere o dia acabar para ficar juntinho no cinema ou em casa, sozinhos, sem ninguém para ficar fuxicando sobre a sua vida particular.
Por fim, a dica é aquilo que eu disse acima: aprenda a separar as coisas e leve uma vida de namorados tranqüila.
Você já viveu algum relacionamento no trabalho ou na escola? Conte como foi aí nos comentários.

Nenhum comentário: