sábado, 5 de dezembro de 2009

Viagem de fim de ano: o que fazer?


Viagens sempre são uma dor de cabeça. Você tem vontade de ir mas ao mesmo tempo pensa em abrir mão de tudo para ficar com a pessoa que gosta. Pode ter certeza que isso também passa na cabeça das garotas. Eu mesma já deixei de viajar, voltei antes e fiz coisas – que hoje eu acho – bem estúpidas por causa das minhas paixões.Vocês namoram, gostam um do outro e o problema não está aí, está na dependência que você criou. Na sua cidade natal você vai encontrar sua família, seus amigos e muita gente que não vê há tempos. Pode ser que chegue lá e nem sinta tanta falta dela assim como está imaginando. Pra que sofrer por antecipação?
O problema de verdade
O que está rolando, na verdade, é que você está bravo porque ela tem viagens marcadas que não incluem você e está curtindo isso. Ela viajar sozinha é como uma afronta a você. Tudo errado.Se você está bravo porque ela tem uma vida independente da sua é porque não está pronto para ter um relacionamento maduro, que vá conseguir ultrapassar obstáculos e seguir em frente. Desse jeito, no primeiro problema vocês vão surtar!
O sentimento
Pense bem no que você está sentindo: só porque você não queria ficar sem vê-la por tanto tempo, na sua cabeça, o ideal seria que ela estivesse sofrendo também. Que tipo de sentimento é esse que quer que a outra pessoa sofra, só para aproximar os dois.Ela está animada com a viagem, o que não quer dizer que vai sentir sua falta ou que não gosta de você. Ela apenas consegue separar as coisas. E você devia aprender algo com isso.
Como não sentir falta
Impossível. Não vou mentir e dizer que vai ser fácil, porque não vai, mas vocês podem se falar todos os dias, contar como está sendo a viagem e as coisas legais que vocês estão fazendo. Só que para isso você precisa se permitir viver coisas legais e não ficar bravo quando notar que ela está curtindo.O conselho: para não pensar nela o melhor a fazer é se ocupar. Saia com os amigos, veja pessoas que não vê faz tempo, converse, jogue bola, leia um livro… Não fique em casa pensando em como seria se ela estivesse por lá.Sua vida antes dela era tão chata assim que você não consegue fazer outra coisa além de pensar na gata? Não, né? Então siga o exemplo dela: não deixe que a distância faça mal a vocês, use isso a seu favor. Pode ser bem divertido matar a saudade depois, não acha?

Nenhum comentário: