quarta-feira, 24 de março de 2010

O fim

e se você tivesse apenas um dia de vida, o que você faria primeiro?o que você teria em mente para dizer aos que você mais ama? o que você falaria aos seus rivais e inimigos?o que você diria ao seu professor de história, ou trigonometria, ou física, ou química, ou português? por quem você choraria? por quem você daria um sorriso ou um abraço ou um beijo? o que você iria comer? pra quem você ligaria? pra quem mandaria uma mensagem dizendo coisas banais? com quem você falaria no MSN dizendo que o dia foi bom? será que depois dessas miseráveis e intermináveis e inevitáveis 24 horas você ainda iria querer viver sabendo que os que você ama morreriam também? bem, eu não sei, mas que eu iria querer viver intensamente esse dia. nem que eu tenha que dizer à todas as pessoas mais importantes da minha vida que eu as amo muito, nem que eu tenha que falar verdades que nunca diria, nem que eu tenha que mentir para abater o sofrimento de alguém, nem que eu tenha que chorar para que saia o sofrimento de uma forma mais leve, nem que eu tenha que dizer as pessoas que eu odeio que foi apenas um mal entendido idiota, nem que eu tenha que comer chocolate até minha mãe dizer chega, nem que eu tenha que passar o dia na internet falando besteira, nem que eu tenha que conquistar o coração de um estranho, nem que eu tenha que sorris pra fazer alguém que eu nem conheço sorrir, nem que eu tenha que dizer ao cara que eu amo que não dá mais ou que eu o amo mais ainda. mesmo sabendo que isso é inevitável, e que um dia eu só terei mais um dia de vida, eu farei em todos os dias em que eu viver, fazendo cada um ao meu lado sorrir se quiser sorrir, chorar se quiser chorar. não é a toa que alguém ama a ponto de deixar você fazer o que você quiser, mesmo que isso te machuque, mesmo que você chore, mesmo que você se sinta uma idiota. a vida nos proporciona dias de felicidade e de tristeza, viva-os intensamente como se fossem os últimos da sua vida

Nenhum comentário: